Como calcular acréscimo de bônus da Unicamp em número de questões?


#1

Galera,
Eu sei calcular a nota final, mas eu queria saber o impacto que os 60 pts de acréscimo representam na nota final da 1fase Unicamp em número de questões.
Eu fiz um esboço de uma ideia, mas eu não tenho conhecimento do desvio padrão dos candidatos ao curso de medicina 2018.


Agradeço por qualquer ajuda.


#2

Só consegui fazer sem os dados fazendo a hipótese de que o desvio padrão é 1/5 da média.

Olhando o manual do candidato dá pra ler que a Unicamp atribui:
Média = 500 pontos
Desvio padrão = 100 pontos.

Supondo desvio padrão = 1/5 média

Fazendo um exemplo.
Vamos supor a média da 1a fase = 50 questões.
desvio = 1/5 x 50 = 10

Pela sua conta lá em cima, x = 0,6 DP = 0,6 x 10 = 6 questões.

[Sem bônus]
Para alguém que acertou 85 questões:
NPF1 = (85 - 50) x 100 / 10 + 500 = 350 + 500
NPF1 = 850

[Combônus]
NPF1 = 850 + 60 = 910

No link abaixo tem a relação das notas de corte de 2017 e 2018.
Não vi outra maneira de calcular sem saber os dados. Espero que ajude.
https://www.curso-objetivo.br/vestibular/notas_corte/UNICAMP_2018_nota_de_corte.pdf


#3

Susane Ribeiro,
Na verdade esses 60 pts de bônus representam apenas 6 questões a mais na primeira fase da Unicamp.
Na fuvest com um bônus de 15% numa pontuação real de,por exemplo, 65 pts na primeira fase, teremos 65.1,15= 74,75 aproximadamente 75 pts com bônus, ou seja, 75-65 = 10 questões a mais. Na verdade como o acréscimo é percentual sobre a nota real, então quanto maior a nota, maior será o equivalente em número de questões na Fuvest, enquanto que na Unicamp é algo fixo.
Sua ajuda me ajudou a decidir por focar na fuvest.
Obrigado.
:slight_smile:


#4

Não sabia como funcionava o acréscimo na Unicamp nem na Fuvest. Muito interessante!

Obrigada por levantar essa questão. :grinning:


#5

Eu que agradeço por responder, na verdade eu não tinha visto o desvio padrão por extenso no manual…heh
No primeiro momento quando eu vi o bônus da Unicamp de 60 pts, eu pensei que fatalmente estaria dentro pq pensei em relação a 90 pts (hah), mas ao ler o manual vi que esses pontos eram adicionados na nota final já padronizada - nesse ponto começou uma dúvida cruel - eu precisava aferir quanto esses 60 pts da Unicamp corresponderiam em número de questões para poder comparar com a fuvest.
De fato é bem interessante, pq aparentemente os 60 pts de acréscimo da Unicamp soam maiores que os “míseros” 15% de bônus da Fuvest e, por fim, a Fuvest foi mais generosa no bônus para alunos de escolas públicas.
:slight_smile:


#6

Só para constar para o pessoal que tiver dúvidas a respeito de como se calcula a nota padronizada na fuvest.
Nesse caso de 65 questões, ela deve ser convertida em porcentagem:
65x(100/90) = 72,2222 %
A Nota Final na Carreira (NFC) será a média aritmética simples das notas das quatro provas (1a fase e os 3 dias de prova da segunda fase). Supondo alguns números para as notas da 2a fase
1º dia: 80,00
2º dia: 68,75
3º dia: 62,50
NFC = (72,2222+80,00+68,75+62,50)/4 = 70,8680
Na escala de 0 a 1000, a pontuação será 70,8680x1000/100 = 708,68
Se esse candidato realizou todo o Ensino Fundamental e todo o Ensino Médio em escolas públicas
brasileiras e participa do Pasusp/3A com um acréscimo de 15%:
708,68 x 1,15 = 814,982 que será arredondada para 815,0
Para efeito de análise em número de acertos, fica mais fácil analisar pelo número de questões e, como a porcentagem incide sobre a nota padronizada, não há problemas em multiplicar o número de acertos por 1,15 como fiz logo acima para efeitos de comparação.