Confiança e persistência


#1

Olá Susane, primeiramente queria agradecer por toda essa ajuda. Gostaria de saber como posso adquirir mais confiança em mim mesmo, as vezes olho as questões da prova e acho que nunca vou saber resolver e pensar naquelas coisas sozinho. E se tem alguma dica para ajudar a manter a constância e a persistência, por vezes vejo a aprovação no ITA algo muito fora da minha realidade, por conta da dificuldade e da demanda de estudo, e com isso acabo desanimando e não estudando o tanto que deveria ou o tanto que eu poderia. Agradeço essa ajuda que você está nos ajudando nessa preparação!


#2

Fala Miguel, não sou a Susane, mas posso ajudar em alguma coisa. Cara, compreendo esse sentimento, ser aprovado no ITA é uma jornada longa, o vestibular é difícil e são muitos assuntos pra se estudar.
Vou falar uma coisa que acabava com a minha persistência nos estudos, era me preocupar com a quantidade de assuntos que eu terei que estudar e esquecer o que devo fazer hoje. Como disse Dale Carnegie “A melhor maneira de nos prepararmos para o futuro é concentrar toda a imaginação e entusiasmo na execução perfeita do trabalho de hoje.”, então meu amigo, pare de se preocupar com a quantidade de material que terá de estudar. Divide tudo isso em parcelas menores, depois divide em parcelas menores ainda, que possam ser cumpridas em um mês. Depois divide pra menores que seja por semana, depois por dia, depois por bloco de estudo… E só se preocupe com o hoje, pois o amanhã não existe.
Outro método também interessante, caso tenha tempo sobrando, é fazer o máximo hoje e deixar o amanhã para o amanhã, sem definir metas específicas, ou melhor, definir a sua meta como “fazer o melhor que eu puder hoje”.
A segunda maneira de pensar me ajudou a manter a persistência. Não me sinto bem preso a cronogramas, mas é bom ter.

Confiança em si mesmo é um assunto interessante. Acredito que superar desafios é a chave para o desenvolvimento da autoconfiança. Começar pelos exercícios básicos e ir avançando devagarinho, você vai pegar confiança, até que você vai pegar uma questão do ITA e vai pelo menos entender, ter uma noção, ir evoluindo aos poucos… Comece esse processo por um assunto que se identifique, que considere mais fácil, verá que a prova do ITA é difícil, mas é totalmente possível, quase 100 pessoas são aprovadas todos os anos, elas não são melhores que eu, nem melhores que você, a diferença é que elas se desenvolveram deliberadamente, em busca desse objetivo, e isso leva tempo.
Junto a tudo isso, você também você pode usar o princípio da autossugestão do Napoleon Hill, pesquise ai.