Conteúdo - CONJUNTOS


#1

Estudei conjuntos pelo FME, às vezes pego uns exercícios mais avançados pra ver se pelo menos tenho uma ideia de como resolver e não sai nada. Tipo, sei que estudei apenas a base, mas achei que deveria pelo menos ter uma ideia de como fazer.

Isso é normal? Ou eu posso ter estudado errado? Por exemplo, se existe um material específico que vá me ajudar a aprofundar, vocês acham que eu deveria pegar todos os conteúdos antes de estudá-lo, ou deveria fazer isso agora?

(a base eu sei de boas)


#2

Sim, isso é normal.
É bem isso que acontece mesmo.
Você vê a resolução e depois consegue fazer sozinho?

Uns passos interessantes:

1 - Estudar a teoria e fazer os exercícios do material (você já fez)
2 - Fazer questões do nível da prova (provas antigas, por ex)
3 - Errar essas questões e aprender a fazê-las
4 - Fazer sozinho essas questões (sem olhar a resolução), especialmente uns dias depois (pra garantir que realmente aprendeu).

No começo é assim mesmo. Depois de você ver uns 50, 60% dos conteúdos de cada matéria do jeito acima, você vai ficar mais esperto nos insights necessários. Porque na prática, você vai pegando “jeitos mágicos” de resolver as questões do ITA.

Estou fazendo um podcast sobre como resolver questões difíceis. Devo liberar na sexta.

Uma última dica é:

Faça questões de prova de logaritmo e cuidado pra não focar em questões de olimpíada.


#3

Olá,

Estou com o mesmo problema. Porém, para não ficar travado só em um assunto, decidi seguir adiante e pegar depois de alguns dias questões de provas antigas. É uma boa?


#4

Saquei. Tentarei fazer isso, mas pretendo partir pra questões de provas antigas quando terminar todos os conteúdos. Acha isso ruim?

Vez ou outra, quando não tô estudando, pego umas questões do ITA sobre os conteúdos que já estudei e tento fazê-las, mas também só as que vejo que tenho capacidade pra fazer.


#5

Quando puder escuta o podcast:

[Podcast] #007 Como estudar com questões de provas antigas

Depois você me fala o que acha. :wink: